Cesar Mori Junior Cesar Mori Junior Author
Title: DOCUMENTO DE 1908 COM LEVANTAMENTOS DE LAVRAS E REGIÃO INCLUINDO DETALHES DA FERROVIA!
Author: Cesar Mori Junior
Rating 5 of 5 Des:
O município conta mais quatro rios: O Cervo e o Capivari, afluentes do Rio Grande, o Couro do Cervo, afluente do primeiro e o Ingaí, aflue...

O município conta mais quatro rios: O Cervo e o Capivari, afluentes do Rio Grande, o Couro do Cervo, afluente do primeiro e o Ingaí, afluente do segundo. O Cervo nasce na fazenda do Campo Formoso, distrito de Luminárias, mede de extensão cerca de 54 km e recebe o Couro do Cervo, que nasce no distrito do Carmo da Cachoeira; o Capivari vem da serra da Treituba, tem de extensão 54 km e recebe o Ingaí, que nasce no município de Aiuruoca. Este município ainda é cortado de grande número de córregos e ribeirões.
SERRAS. São em geral acidentados os terrenos do município. Além de outras, há ao norte a serra de S. Domingos, no distrito de Perdões; a leste, a extensa cordilheira de Carrancas, no distrito de igual nome; ao sul, as grandes serras de Treituba, de Santo Inácio e da Fortaleza e mais as do Campestre e da Bocaina; a oeste, a serra de S. João Nepomuceno.
VIAS DE COMUNICAÇÃO. A principal é a estrada de ferro Oeste de Minas, que tem estações na cidade, em Ribeirão Vermelho e em Perdões. As demais povoações guardam as seguintes distâncias da estação mais próxima: Conceição do Rio Grande à estação do Macaia, 3 km; Rosário à estação Francisco Salles, 11; Carrancas à estação de igual nome, 12; Luminárias à estação de Paulo Freitas, 12,5km; Ingaí às estações Francisco Salles e Paulo Freitas, 13; Santo Antônio à estação Francisco Salles, 25; e às estações Paulo Freitas e Nazareno, 28; S. João Nepomuceno à estação de Lavras, 28. A distância da cidade às sedes dos distritos, por estrada de rodagem, é a seguinte: a Ribeirão Vermelho, 9km; à Conceição do Rio Grande, 12; ao Rosário, 20; a Perdões, 24; a Ingaí, 25; a S. João Nepomuceno, 28; a Luminárias, 38; a Santo Antônio, 41; a Carrancas, 52.
São estas as vias de comunicação com os municípios limítrofes: com São João Del Rei, Bom Sucesso, Oliveira, Campo Belo, pela estrada Oeste de Minas, e com os demais por estrada de rodagem. Distância de Lavras às sedes dos municípios limítrofes, por estrada de rodagem: a Bom Sucesso, 42 km; a Campo Belo, 60; ao Rio Verde, 66; a Varginha, 72; a Três Pontas, 72; a Oliveira, 84; a Campos Gerais, 84; a São João Del Rei, 96; a Baependi, 96; ao Turvo, 108.
VIAÇÃO FÉRREA: O município possui em tráfego 134 quilômetros da estrada Oeste de Minas, sendo 80 de Ribeirão Vermelho a Carrancas, 31 de Ribeirão à divisa além de Perdões e 23 de Ribeirão a Pedra Negra. Há no município sete estações da Oeste: Vigilato, inaugurada em 16 de outubro de 1888; Ribeirão Vermelho, em 14 de abril de 1889; Lavras em 1º de abril de 1895; Perdões, em 23 de agosto de 1896; Francisco Salles, em janeiro de 1897; Paulo Freitas, em 6 de julho 1898; Carrancas, em 14 de dezembro de 1903.
CLIMA E SALUBRIDADE: São excelentes as condições climáticas do município, não havendo nem calor excessivo e nem o frio intenso; as epidemias são raras aqui e não há moléstias endêmicas.
PRODUÇÕES: São muito férteis as terras de cultura, principalmente as que se estendem ao longo do Rio Grande. É importante a produção de café, de cereais, de fumo e de cana de açúcar. A indústria pastoril começou a progredir, já tendo sido importados bons reprodutores. O município não é de grande atividade industrial. Possui a fábrica de tecidos União Lavrense, dezenove fábricas de manteiga, algumas de queijo, diversas caieiras, várias olarias, entre as quais a cerâmica situada em Tabatinga, distrito desta cidade.
POPULAÇÃO: É de 58.835 habitantes, segundo a "Geografia" do sr. Lentz de Araújo.
GOVERNO: É exercido pela Câmara Municipal, composta de dez vereadores, cada um dos quais eleito por um distrito. A Câmara é eleita por um triênio e elege na primeira sessão seu presidente, que exerce as funções executivas.
ELEITORADO: O município tem 2.313 eleitores, pertence ao terceiro distrito estadual e ao quarto distrito federal, de que é sede a cidade.
SEDE: A sede do município é a cidade de Lavras, elevada à vila em 13 de outubro de 1831 e à cidade em 20 de julho de 1868.
NAVEGAÇÃO FLUVIAL: A Companhia Oeste de Minas faz a navegação do Rio Grande por meio de vapores e lanchas, numa extensão de 208km, desde Ribeirão Vermelho até Capetinga. Foi em 19 de dezembro de 1880 que se inaugurou a navegação do Rio Grande com o pequeno vapor "Dr. Jorge".
COMÉRCIO: A exportação consiste principalmente em café, cereais, fumo, açúcar, aguardente, queijo, manteiga, gado vacum; cal, cascas de barbatimão e tecidos de algodão. São em grande número as casas comerciais e a cidade é considerada como das melhores e mais pontuais praças do estado.
TELÉGRAFO: O da Oeste de Minas acha-se instalado nas estações, que a mesma possui no município. A cidade é servida por três estações telegráficas: as da Oeste --- na Praça Municipal e na Estação de Lavras e a do Telégrafo Nacional, inaugurada a 25 de junho de 1908.
CORREIO: Há treze agências de correio, sendo dez nas sedes dos distritos e as outras nas estações Vigilato, Paulo Freitas e Francisco Salles. A agência mais antiga é a da cidade, que foi instalada em 2 de dezembro de 1834.
INSTRUÇÃO: Em nove distritos do município há dezesseis cadeiras de instrução primária, e na cidade existem o Grupo Escolar, com oito cadeiras, o Ginásio de Lavras, a Escola Normal, a Escola Agrícola, o Colégio Lavrense, o Colégio Carlota Kemper e o Colégio de Lourdes.
IMPRENSA: O primeiro jornal do município foi "O Lavrense", cuja publicação feita na cidade começou em 13 de fevereiro de 1887. Os distritos de Perdões e de São João Nepomuceno já possuíram periódicos, tendo sido editado naquele "A Faísca", que apareceu em 8 de outubro de 1893, e neste "O Patriota", que veio a público em 31 de maio de 1896.

About Author

Advertisement

Postar um comentário

 
Top