CFVV CFVV Author
Title: Ceará: Imóveis na região de VLT valorizam em até 25%
Author: CFVV
Rating 5 of 5 Des:
26/10/2011 - O Povo Os próximos anos até a Copa do Mundo de 2014 serão de incremento no mercado de imóveis...
26/10/2011 - O Povo

Os próximos anos até a Copa do Mundo de 2014 serão de incremento no mercado de imóveis nos bairros de Fortaleza que receberão investimentos em infraestrutura, segundo especialistas.
No bairro Parangaba, de onde sairá o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) em direção ao Mucuripe, a expectativa entre os moradores é de um incremento médio de até 25% no valor dos imóveis até que a obra esteja concluída, entre 2013 e 2014.
A área de influência das obras do VLT chega a 22 bairros na capital cearense, segundo informações da Secretaria de Infraestrutura do Estado do Ceará (Seinfra).
“Só pelo fato de sediar a Copa do Mundo, há influência na valorização dos imóveis acima do normal”, explicou o assessor do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), Hamilton Cavalcante. Segundo ele, os preços dos imóveis aumentam em média 10% acima da inflação anualmente. Com o anúncio do mundial de futebol, as áreas que receberão incremento na infraestrutura deverão ter uma incremento bem superior a esse percentual. “É uma valorização que não tem outra explicação que não seja a Copa do Mundo”, disse.
Na área do Castelão, segundo ele, há um incremento intenso na valorização dos imóveis. Depois do mundial, a expansão do valor do metro quadrado deverá ser freada, o que não deve ser observado em áreas que receberão obras de infraestrutura.
“Vão gerar uma outra valorização que vai ficar e essa permanece. Na região do evento não. É momentâneo e há o frisson do momento”.
Para o secretário especial da Copa do Mundo de 2014, Ferruccio Feitosa, há aspectos que levam a uma valorização imobiliária em diversos bairros da cidade.
“Implementar uma série de serviços que melhoram a qualidade de vida da população dá um reflexo na valorização imobiliária”, destacou. Segundo ele, esses serviços são sistemas de transporte ágeis, oferta de esgotamentos sanitário e rede de Internet adequada. “Fortaleza como um todo termina tendo um grande ganho principalmente agora depois dessa grande visibilidade que a cidade vai experimentar”.
Além do esperado
“Já estão muito mais caros e a tendência é aumentar muito mais por conta disso aí”, disse o comerciante Inaldo Castro, 31, referindo-se às obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). Segundo ele, o aumento deve ser de 25%, em média, no valor dos imóveis porque “quem tem imóvel não vende e se for vender é bem valorizado”. Ele destacou que a elevação está sendo além do esperado pelos moradores da Parangaba.
A também comerciante Imaculada Cordeiro, 46, arrisca uma explicação. “Isso é especulação grande mesmo”, destacou. Ela disse não saber se o VLT vai de fato trazer mais pessoas ao bairro, mas, pelo menos por enquanto, os proprietários de imóveis estão evitando vender e estão investindo em aluguéis mais caros. Ela preferiu não dizer quanto paga pelo prédio que usa para o seu negócio, mas disse que aluguéis que eram R$ 100 estão a R$ 500.
Situação parecida observou o comerciante Francisco Ferreira, 72. “Está muito mais caro. Quase não tem imóvel para vender nessa região e quem tem, não vende”, disse.
Segundo ele, desde o ano passado, houve uma escalada no preço dos imóveis. Ele disse que casas que custavam R$ 350 foram a R$ 600. Na casa em que ele está, no entanto, ainda não houve elevação. “Na minha casa não. E não vai ter aumento não. Eu estou lá desde 1972”, disse, entre risos.
Saiba mais
A valorização dos imóveis nos bairros de Fortaleza vai depender principalmente da demanda nos próximos anos. Para o assessor do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci), Hamilton Cavalcante, a localização é uma das principais razões para a valorização. A região com maior incremento na valorização é a do Castelão.
A localização de imóveis em torno de avenidas alargadas, abertas e parques esportivos devem ter a maior valorização.
O Castelão é a área de convergência da Copa e deve ser a mais valorizada, segundo o tesoureiro do Cofeci, Armando Cavalcante. “Passada a Copa do Mundo, essa euforia passa e vai no máximo haver uma valorização continua. A tendência natural é essa”.
Uma área que deverá continuar valorizando na capital cearense mesmo depois da Copa é o Centro de Convenções. “Independente de Copa, é um fator de valorização. Por si só ele atrai muita gente para a cidade de Fortaleza”.

About Author

Advertisement

Postar um comentário

http://www.youtube.com/watch?v=oA6BGvcoXc8 disse... 31 de outubro de 2011 17:45

Vai ser muito bom a implantação dessa infraestrutura, pois o Transito aqui em Fortaleza está ficando cada vez mais intenso. Vai beneficiar muita gente.

 
Top