Anderson Nascimento Anderson Nascimento Author
Title: Paranapiacaba é contemplada com R$ 42,4 milhões
Author: Anderson Nascimento
Rating 5 of 5 Des:
  Santo André foi contemplado com R$ 42,42 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas, para projetos de ...

 

Santo André foi contemplado com R$ 42,42 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas, para projetos de revitalização e restauro em Paranapiacaba. A cidade é um dos 44 municípios que serão beneficiados com recursos da ordem de R$ 1,6 bilhão. Os investimentos foram anunciados ontem (20), durante evento realizado em São João del Rei, em Minas Gerais.
“Conhecer, respeitar e preservar as cidades históricas são requisitos para construirmos nosso futuro como nação democrática, civilizada e capaz de se erguer sobre os prórprios pés. Investindo no patrimônio Cultural estamos investindo em nós mesmos”, afirmou a presidente Dilma Rousseff.
Projetos apresentados
Os projetos apresentados pela prefeitura totalizavam R$ 52 milhões. “Pedimos o máximo que era possível. Sou sindicalista, sempre peço a mais”, brincou o chefe do executivo, durante evento em São Bernardo realizado na segunda (19), quando ainda não haviam sido divulgados os resultados da seleção do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura.
Foram contemplados os seguintes projetos: restauração da garagem das locomotivas; restauro das oficinas de manutenção das antigas “SPR” e “RFFSA”; restauro do almoxarifado da antiga SPR; restauração da antiga sede da Associação Recreativa Lyra da Serra (Cine Lyra); restauração do campo de futebol Serrano Atlético Clube (de 1903); reconstrução de imóvel incendiado na região do Hospital Velho (rua Dr. Marun, 313); restauração da Casa de Engenheiro (atual Biblioteca) e restauração de 242 imóveis Vila Martin Smith, que será executada em três fases, totalizando R$ 42,4 milhões em recursos.
Fonte http://www.diarioregional.com.br/2013/08/21/sua-regiao/minha-cidade...

About Author

Advertisement

Postar um comentário

Bruno Sanches disse... 25 de setembro de 2013 10:26

Eu faria diferente: pegaria todo esse dinheiro e investiria na recuperação do primeiro patamar, colocaria o funicular para funcionar nesse patamar e com a renda do turismo, investiria no resto, tornando a região sustentável com turismo.

 
Top