CFVV CFVV Author
Title: Estação de Ibituruna - MG (Foto de Herbert Graf)
Author: CFVV
Rating 5 of 5 Des:
Trem misto da VFCO, na Estação Ferroviária de Ibituruna, em março de 1979. "A estação de Ibituruna foi inaugurada em 1887. Em dezembr...
Trem misto da VFCO, na Estação Ferroviária de Ibituruna, em março de 1979. "A estação de Ibituruna foi inaugurada em 1887. Em dezembro de 1984, a linha da antiga EFOM foi finalmente rradicada e a estação, fechada. Em 2003 estava servindo como escola para a Prefeitura. Em 2010 já está restaurada, mas sem que eu saiba seu uso.". * (Fontes: Bruno N. Campos; Herbert Graf; Bruno Carvalho Leal; Walter Serralheiro; Marcelo Lordeiro; Hugo Caramuru; Paul Waters: West of Minas Narrow Gauge, 2001; Mucio Jansen Vaz: Estrada de Ferro Oeste de Minas - Trabalho Historico-Descriptivo, 1922; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960). * Em 26 de janeiro de 2010, eu e mais três amigos passamos por Ibituruna; a Estação estava recém-restaurada e sendo reinaugurada para fins culturais! Hoje a Prefeitura é parceira do CFVV, que intermediou um convênio para criação deo tão sonhado Museu Ferroviário. A prefeitura de Ibituruna também desenvolve um projeto coordenado pelo Circuito Ferroviário Vale Verde, onde estudam a possíbilidade de revitalizar o trecho ferroviário entre a Estação de Ibituruna e Aureliano Mourão em Bom sucesso. As negociações e discussões se iniciaram e logo saberemos de sua viabildade ou não. O que é certo que é que há interesse por parte da Prefeitura, só resta agora dados técnicos, os trilhos, o equipamento rodante, enfim... Falta bastante! Mas não falta vontade, o que consideramos um bom começo.
FOnte: Pátria Primeira
http://www.patriamineira.com.br

OBS:
Esta estação atualmente 2011, virou "Estação de Apoio ao Turismo e Cultura de Ibituruna MG".
Fonte: Bruno Carvalho Leal, 

About Author

Advertisement

Postar um comentário

brufuga disse... 26 de fevereiro de 2011 01:16

Olá, eu sou o Bruno Carvalho Leal, e vc pode completar as informações ai em que essa estação atualmente 2011 virou "Estação de Apoio ao Turismo e Cultura de Ibituruna MG".

João Marcos "Jones" disse... 14 de dezembro de 2011 20:52

Peraí, se esse projeto de revitalização sair do papel vai ser utilizado material da "bitolinha" tomado de São João del-rei?

CFVV disse... 14 de dezembro de 2011 23:08

Que eu saiba se acontecer, será usado o que for preciso e onde for necessário! Apesar de nao termos pensado nisso, todo o material que há em São João, foi retiradoo de algum local e principalmente de NOSSA REGIÃO. Então seria muito justo que no lugar de apodrecer em uma rotunda mal cuidada pela FCA fossem resgatadas e utilizadas para gerar renda e fomentar o turismo.

João Marcos "Jones" disse... 6 de fevereiro de 2012 18:33

Bom, eu estava traquitando umas ideias para melhorar o estado do parque de tração da EFOM, o melhor seria trazer de volta a linha Lavras-Aureliano Mourão e de lá São João del-Rei aos poucos, tomando como ponto de partida a própria Lavras. Quando a linha chegasse a São João del-Rei, a FcA teria de receber o trem de qualquer maneira, já que os trilhos não poderiam dar no nada, além da pressão pública. Quanto ao trem para aquecer o turismo em Lavras, além dos equipamentos da bitolinha, poderiam ser usados as locomotivas Nº239 e Nº307, que possuem as bitolas de 1,00m, além de cinco carros métricos que se encontram aqui, podendo rodar na linha Lavras-Aureliano, que era em bitola mista (1,00m e 0,76m). Com uma malha ferroviária maior, surgiria a necessidade do uso de mais locomotivas, o que deixaria menos máquinas enferrujando á toa na rotunda. A EFOM é um trem turístico de muita fama, e sua expansão faria os negócios da FCA e o turismo deslancharem para valer. Tanto São João como Lavras, bem assim como o patrimônio sairiam ganhando. Apesar de cara, essa iniciativa seria bastante viável com o tempo. Abraço

 
Top