CFVV CFVV Author
Title: TA MAIS QUE CLARO... SÓ NÃO FAZEM PORQUE NÃO QUEREM OU NÃO OS DEIXAM FAZER!
Author: CFVV
Rating 5 of 5 Des:
Uma Cessão de área permite melhorias e legalização de lotes em Curitiba... O prefeito Luciano Ducci (Curitiba) recebeu nesta terça-feira (2...


Uma Cessão de área permite melhorias e legalização de lotes em Curitiba...
O prefeito Luciano Ducci (Curitiba) recebeu nesta terça-feira (22) o termo de cessão da área da Vila Icaraí, no Uberaba. A área de 191,8 mil metros quadrados pertence a União, está ocupada desde o final da década de 90 e abriga 672 famílias. A cessão da área permitirá a execução de obras no local e, futuramente, a legalização dos lotes para as famílias.“A Vila Icaraí é uma das áreas da cidade mais críticas em infraestrutura. Agora, com esta cessão, poderemos intensificar nossa atuação no local e oferecer às famílias melhoria na sua qualidade de vida”, disse Ducci. O termo de cessão foi assinado pelo superintendente da Secretaria de Patrimônio da União, Dinarte Antonio Vaz, pelo prefeito Luciano Ducci e pelo presidente da Cohab, João Elias de Oliveira.Antonio Vaz, superintendente da SPU, disse que a cessão ao município da área da Vila Icaraí atende à diretriz do governo federal de priorizar a função social na destinação de bens que compõe o patrimônio da União. “Neste caso, temos um projeto completo, que contempla infraestrutura urbana, moradia e equipamentos sociais e quem sairá ganhando será a população”.O presidente da Associação de Moradores da Vila Icaraí, Percy Cordeiro dos Santos, é testemunha das transformações que estão ocorrendo na área. Santos conta que mora no local há 11 anos e vê com otimismo a atuação da Prefeitura. “Éramos uma área esquecida na cidade e estávamos sempre lutando por melhorias. Agora, felizmente, elas estão chegando. Estamos progredindo e os moradores estão crescendo junto com a Vila”.Bolsão - A Vila Icaraí está localizada em meio a um conglemerado de sete ocupações irregulares, conhecido como bolsão Audi/União, que abriga cerca de 3,1 mil famílias. A área, com 1,3 milhão de metros quadrados, tem limites físicos bem definidos: a via férrea e o rio Iguaçu, num sentido, e a BR 277 e avenida dos Torres, no outro.A Icaraí é a área mais próxima à linha do trem e era propriedade da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA). Hoje os terrenos estão sob gestão da Secretaria de Patrimônio da União. Ali, vivem 672 famílias e, destas 326, que vivem em situação de risco e insalubridade, serão reassentadas, segundo o projeto de urbanização da área, que está sendo executado pela Cohab e que abrange também outras vilas do bolsão.“A atuação no bolsão está sendo feita de forma global, com obras de melhoria gradativa no local”, explica o presidente da Cohab. Os investimentos na área do bolsão chegam a R$ 46,1 milhões, com recursos do Município e do governo federal. Até agora, a intervenção na área da Vila Icaraí era parcial, porque a intensificação das obras dependia do acordo com a União para a cessão dos terrenos.União Ferroviária - Parte do reassentamento de famílias da Vila já foi realizado. Os moradores foram abrigados no empreendimento Moradias União Ferroviária que está em construção em área ao lado da Vila. Outras ações já desenvolvidas no bolsão incluem a implantação de um sistema de prevenção de cheias, com canais de macrodrenagem e diques de contenção, além de rede de esgoto e de uma estação elevatória - executadas pela Sanepar. A Prefeitura está pavimentando as ruas e executando a rede de drenagem.O bolsão Audi é uma das áreas que mais tem recebido investimentos do município para a criação de equipamentos comunitários. Hoje estão em construção no local uma creche, uma praça, um Centro da Juventude e um barracão para reciclagem de material, além do Parque do Centenário da Imigração Japonesa. Em funcionamento, estão duas unidades de atendimento da FAS, uma creche, uma escola municipal de 1ª à 4ª série e duas unidades de saúde.


















About Author

Advertisement

Postar um comentário

 
Top