CFVV CFVV Author
Title: Trem do Corcovado receberá investimentos de R$ 64 milhões
Author: CFVV
Rating 5 of 5 Des:
FILMAGEM DO PASSEIO FEITA NO CELULAR PARTE 1: http://www.youtube.com/watch?v=xC1QubwK9oY FILMAGEM DO PASSEIO FEITA NO CELULAR PARTE 2: ht...


FILMAGEM DO PASSEIO FEITA NO CELULAR PARTE 1:

FILMAGEM DO PASSEIO FEITA NO CELULAR PARTE 2:
http://www.youtube.com/watch?v=jvwW8Q1Bl-U

O Trem do Corcovado terá um investimento de R$ 64 milhões na compra de quatro novos trens para o Cristo Redentor, até 2013. O aumento no transporte elevará o número de passageiros de 300 para 650 pessoas por hora. Os investimentos estão acompanhando o aumento do fluxo de turistas que o monumento vem registrando nos últimos anos.

Ultimamente, o Corcovado tem recebido 1,6 milhões de turistas por ano, e em 2013, deve chegar a receber em torno 2,5 milhões.

Desde a eleição do Cristo como uma das Maravilhas do Mundo, o monumento ganhou um aumento de 30% no número de visitantes.

About Author

Advertisement

Postar um comentário

EFGoyaz disse... 21 de setembro de 2010 10:24

Pena que essa deva ser a passagem de trem mais cara do mundo inteiro. É daqueles passeios que o brasileiro só faz uma vez na vida e olha lá. É o Brasil a serviço dos gringos.

CFVV disse... 21 de setembro de 2010 11:48

Meu caro amigo voce está enganado: O preço é o mesmo que se paga em muitos trens turísticos pelo brasil, a saber Tiradentes e outros tantos! R$36,00 por pessoa. Como se sabe o trem do corcovado é um empreendimento caro que poderia até ter um preço bem maior cobrado, no entanto a relação custo benefício atual é justa. Se fosse uma Ong que tivesse proposta de assistencialista talvez pudesse-mos visualizar preços populares a R$1,00, mas não o caso!

E quanto estar a serviço dos gringos discordo novamente:
Ele está a serviço de quem o procura, os brasileiros gastam horrores em dólares no exterior, para ver a mesmas coisas que os gringos vêem aqui.
É o poder da Livre escolha!No caso dos gringos eles se mobilizam em associações, que promovem passeios na maioria das vezes com idosos que seguramente é a quem tem dinheiro para gastar.Uma questão de ponto de vista, respeito sua visão mas recomendo que vá visitar primeiro, e depois faça sua analise.

Visitei pela primeira vez na vida agora com 50 anos, recomendo a quem quiser que vá . Deixe os problemas sociais de lado e confirmar toda a beleza que representa este empreendimento, faça isso sem perda de tempo.

EFGoyaz disse... 22 de setembro de 2010 09:58

Olá, amigo. Que bom que há discordância, porque é das coisas mais saudáveis que existem. E se ambos os lados da discussão tiverem abertura para entender o outro ponto de vista fatalmente haverá crescimento. De minha parte concordo contigo que não é interesse que transformem o Trem do Corcovado em ONG Assistencialista. E também concordo que brasileiros gastam quantias enormes no exterior. Mas também sei que deve haver uma medida entre esses extremos. Conheço São João del Rey-Tiradentes, mas não é um caso a se comparar. A passagem de ida e volta (24kms) era 30,00 (só ida era 18,00), movida a vapor, época em que a Corcovado já era 36,00, 4kms ida e volta, elétrica. Também conheço Ouro Preto-Mariana, que também é 36,00 ida e volta, num percurso de 36kms e aceitam meia-entrada, numa demanda bem outra.
Eu conheço a Corcovado há muitos anos. A viagem é fantástica. Pude fazer belas fotos de dia e de noite. Lembro-me que em 2002, num encontro ferroviário em Ipameri-GO, o presidente da E.F.Corcovado (que não me recordo do nome) disse que não era o passeio que era caro e sim que o Real é que é desvalorizado.

CFVV disse... 22 de setembro de 2010 12:58

Claro meu amigo, seria monótono se todos pensasse-mos igual. Além do mais, é saudável!Entre outros benefícios da diversidade. O que torna um empreendimento mais caro que outro, não é a vontade deste ou aquele empreendedor, mas a carga tributária dos investimentos existentes neles.Nós vivemos em um País onde a carga tributária é uma das maiores do mundo, um produto sai da fábrica com 40% de impostos e ganha mais uns 30% ao cair no mercado. Se as empresas no lugar de serem pagadoras de impostos, fossem realmente contribuintes, gerariam mais empregos, preços mais populares, gerando mais renda para todos de um modo geral. Da forma que está fica difícil comparar este ou aquele como padrão mercantil.
O trem do corcovado é uma cremalheira, não é um trem convencional. Ela é importada porque não se fabrica no Brasil, isto a torna um investimento caro. Para que seja segura é preciso manutenção constante e aquisição de novos equipamentos para manter a qualidade do serviço. Sendo assim comparar o Corcovado com tiradentes não procede, de forma diferente cada um tem sua beleza e seu custo benefício.
abraços amigo!

 
Top