Ferrovia Intermodal Ferrovia Intermodal Author
Title: Frente das Ferrovias debate situação da ALL em São Paulo
Author: Ferrovia Intermodal
Rating 5 of 5 Des:
O deputado Mauro Bragato, coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Malha Ferroviária Paulista , colocou em discussão, nesta ...



O deputado Mauro Bragato, coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Malha Ferroviária Paulista, colocou em discussão, nesta quinta-feira, 3/04, o contrato de concessão da ALL (América Latina Logística) no Estado de São Paulo.

Ouviu o representante do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana, José Claudinei Messias, que apresentou denúncias contra a empresa, as quais, segundo o deputado, trazem uma série de fatos que mostram o “estrago e a postura deletéria” da ALL, em São Paulo.

O assunto também está sendo investigado pelo Ministério Público Federal. O procurador Luis Roberto Gomes também participou da reunião e, após exposição de minucioso relatório que apontou irregularidades praticadas pela ALL, como a troca de trilhos e dormentes por outros de qualidade inferior, bem como o abandono do serviço de transporte de carga na região de Presidente Prudente, reforçou as críticas à ALL. “Não acreditamos que acordos serão cumpridos pela empresa”, afirmou. Gomes ainda acrescentou que “medidas mais drásticas têm de ser tomadas pela ANTT”. A Agência Nacional de Transporte Terrestre é a responsável pela fiscalização do contrato.

Participaram de mais esta reunião da Frente cerca de 100 pessoas, entre parlamentares, prefeitos, vereadores, sindicalistas, lideranças e pessoas envolvidas com o assunto ferrovias. 

Representando a sociedade da região de Presidente Prudente, o presidente da UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região), Alberto Barbosa, disse que a sociedade civil tem muita pressa em resgatar o transporte ferroviário. “Precisamos de ações”, cobrou. Barbosa também ressaltou a entrada do governo do Estado na questão, com a participação do assessor de Planejamento de Transportes da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, Milton Xavier, que disse que o assunto está na pauta do governo.

O presidente da ALL, Pedro Roberto de Almeida, a convite do deputado Bragato, compareceu ao encontro, e, com o superintendente de Relações Institucionais da empresa, Evandro Abreu Souza, apresentaram dados sobre o projeto de expansão da Malha Norte, a duplicação do trecho Campinas-Santos, a recuperação de outros trechos e investimentos em trechos urbanos. "Foi uma prestação de contas ao Legislativo e à sociedade", afirmou Almeida. 

Um dos questionamentos que o deputado Bragato pediu que fossem explicados são os sinais cada vez mais claros de desativação do trecho Prudente—Assis—Ourinhos. O parlamentar acredita que a política da ALL prejudica o interesse da região e do Estado. Em resposta a este e a vários questionamentos o deputado Mauro Bragato propôs uma reunião em Presidente Prudente, entre vários envolvidos no assunto, a fim de se buscar acordo para reativação do ramal ferroviário. Segundo Pedro Roberto, "se os produtores da região estiverem dispostos a assinar um contrato de transporte de carga", ele disponibilizará os trens para transporte.

Já o superintendente de Ferrovias da ANTT, agência muito cobrada durante a reunião, Jean Mafra dos Reis, disse que o órgão está estudando reajustes nos contratos e inclusão de novas cláusulas. Ariovaldo Bonini Baptista, do Sindicato dos Ferroviários de Campinas, declarou que a principal responsável por todos os problemas pelos quais passa o setor ferroviário é a “incompetência” da ANTT. “Por quê em 15 nada foi feito até agora?”, questionou.


www.maurobragato.com.br

twitter.com/deputadobragato


+  Noticia  Portal  ALESP



About Author

Advertisement

Postar um comentário

Ovair Teixeira Teixeira disse... 25 de abril de 2014 18:44

ola...,Sr...Mauro.....Bragato.....a reativação do ramal tem que vir Epitacio ate Ourinhos.....e reativar o ramal de dourados,,,,,,ah....questione o porque de ponte rodoferroviaria...em teodoro sampaio....a norte sul ia passar por lá.....é necessário que seja reestudado o assunto.... A REGIÃO E MUITA RICA PARA SER ABANDONADA.....E DEIXADA SEM TRENS...DE PANORANA OU DRACENA PASSANDO POR PRUDENTE...OU SANTO ANASTÁCIO....E CHEGANDO A TEODORO....ABRAÇOS

 
Top