CFVV CFVV Author
Title: Lavrense Flávio Unes, Secretário adjunto da Casa Civil e de Relações Institucionais de Minas Gerais acompanhou presidente do CFVV a Setur na entrega de pré-estudo de viabilidade do trem turístico
Author: CFVV
Rating 5 of 5 Des:
Secretário adjunto de Casa Civil e de Relações Institucionais do Governo de Minas Gerais, Flavio Unes, recebeu ontem dia 24 deste mês em seu...
Secretário adjunto de Casa Civil e de Relações Institucionais do Governo de Minas Gerais, Flavio Unes, recebeu ontem dia 24 deste mês em seu gabinete, o Secretário do Planejamento de Lavras, Silas Costa Pereira e o Presidente do Circuito Ferroviário Vale Verde  CFVV, César Mori Junior. Os recepcionados trouxeram muita expectativa na bagagem, além de documentos de mútuo acordo entre as prefeituras interessadas em um pré-estudo de viabilidade do Trem “EXPRESSO VALE VERDE”. No dia seguinte, portanto, dia 25 de janeiro, o Secretário


Secretário de Estado da Casa Civil Flavio Unes, Secretario de Estado de Turismo Augustinho Patrus e Cesar Mori Junior Presidente do CFVV. Foto de hoje  dia 25, reunião na Setur!


O lavrense Flávio Henrique Unes Pereira, Secretário adjunto de Casa Civil e de Relações Institucionais do Governo de Minas Gerais,acompanhou o Secretário do Planejamento de Lavras, Silas Costa Pereira e o Presidente do Circuito Ferroviário Vale Verde (CFVV), César Mori Junior para a apresentação do pré-estudo de viabilidade do trem turístico ao Secretário de Turismo Augustinho Patrus Filho. Uma antiga demanda da região de Lavras, que juntamente com Ribeirão Vermelho, Perdões, Itumirim, Ingái e Carrancas, sonham em ter o seu trem turístico implantado. Este pré-estudo dará uma visão ampla de como a região se beneficiaria com esta proposta. Apresentará o estado da via, se há trens compartilhado-a ou não; indicará o material rodante adequado; apontará de onde pra onde, quantas vezes por semana; mostrará da situação das estações; dos atrativos como no caso das belezas naturais, dos monumentos e museus; levantará os custos entre outros detalhes, incluindo a recepção aos turistas. Também será preciso uma negociação com intermediação do Estado, com a FCA, buscando a liberação para a circulação do trem nesta via, de acordo com a grade de horários disponíveis e apontados pelo “Estudo de viabilidade – EVT”, que conterá dados necessários para a finalização do projeto e solicitação de autorização da ANTT para sua circulação.

O secretário Augustinho Patrus, afirmou que foi excelente a apresentação desta proposta e já enfatiza que é uma magnífica ideia, dizendo inclusive, que no dia seguinte receberá representantes do Governo Federal do GT do Ministério do Turismo exatamente para falar sobre os trens turísticos. Pois um antigo projeto está sendo retomado que é o projeto “Trens de Minas”. Isto me emocionou, pois me lembro que no ano passado, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, e foi durante uma audiência publica sobre a ferrovia mineira... Quando meu amigo e preservacionista Antonio Pastori, que também é presidente como eu de uma associação de preservação ferroviária só que no Rio de Janeiro.  Falou em alto som publicamente sobre o que ele chamou de crime de lesa pátria! E mencionou o esquecimento do “PROJETO TRENS DE MINAS”.  Assim com esta notícia fantástica, quero informar que colocamos mais um dormente e mais alguns metros de trilhos para que nosso tão sonhado trem a circule aqui na região.
Cesar Mori Junior


About Author

Advertisement

Postar um comentário

Anônimo disse... 26 de janeiro de 2012 20:42

Parece que 2012 será o ano CFVV e esse trem vem para os trilhos. Parabéns à todos os envolvidos. Acompanhamos de longe mas com grande expectativa e pensamento positivo. Só algumas perguntas, ainda é necessária liberação formal da FCA para a utilização do trecho? O contrato assinado à esta concessionária já não previa que os trens de passageiros teriam prioridade sobre as cargas? Com dezenas de locomotivas e vagões apodrecendo e abandonados pela FCA em vários cantos do país é possível solicitá-los para este fim?

CFVV disse... 27 de janeiro de 2012 01:08

O GOVERNO FEDERAL ENTENDEU QUE É PRECISO HAVER O COMPARTILHAMENTO DAS LINHAS... E DECIDIU QUE VAI HAVER ESSE COMPARTILHAMENTO DENTRO DO POSSÍVEL, OU SEJA: ONDE COUBEREM 3 TRENS DIÁRIOS HAVERÃO 3 TRENS, ONDE COUBEREM 2 HAVERÃO DOIS, ONDE COUBER UM TREM ELE CIRCULARÁ E FOR POSSIVEL APENAS UMA OU DUAS VEZESPOR SEMANA TAMBÉM. MAS HAVERÃO TRENS DE PASSAGEIROS E PARA O TURISMO NAS LINHAS BRASILEIRAS.

 
Top